DOCE VOCÊ (Juvenal Dal Castel)


Eu tenho você, E só tenho você.
Que poderia mais eu pretender,
Se me basta tanto assim, Ter você perto de mim.
Que mais poderia eu querer
Se sou, também, seu tanto assim.
Desaprendi a solidão, Tanto tempo com você.
Não saberia mais ser sozinho.
Que foi feito da saudade? Se perdeu pelo caminho.
Até pode ser felicidade.
Compreender, agora, eu não preciso.
Me encontrei em você, Também a me procurar.
Não me importa tanto o partir, Nem mesmo importa o ficar,
Porque o destino do seu ir
É sempre o seu voltar para mim.
Eu tenho você, e só tenho você
E quero você, sempre mais.
Eu tenho um doce doce, você.
Eu tenho um doce doce, doce, você.
doce doce, doce, você.